[Inscrições encerradas] MATERIALIDADE COMO SUJEITO, Stela Barbieri

Informações

datas a definir
Duração: 2 encontros
Alunos por turma: 25

materialidade_gd

Quais materialidades que dialogam com nossas urgências, investigações?
Que caminhos inventamos para tornar visíveis ideias e questões?
Para investigarmos nossas questões e torná-las visíveis, precisamos matarializá-las de algum modo, seja pelo corpo, pelos materiais ou interações com outras pessoas.
Em qualquer uma destas materialidades com as quais interagimos nos confrontamos com diferentes potências.
No curso iremos investigar as possibilidades de lidar com a materialidade como sujeito na expressão.

Stela Barbieri é artista plástica, educadora, escritora e contadora de histórias.  Foi curadora do Educativo da Bienal de Artes de São Paulo e diretora da Ação Educativa do Instituto Tomie Ohtake. É assessora de artes da educação infantil e ensino fundamental na escola Vera Cruz e prestou assessoria nas escolas Castanheiras e Nossa Senhora das Graças. Stela faz parte do Conselho Consultivo do PGECC – Programa Gulbenkian Educação para a Cultura e Ciência, em Lisboa, Portugal.

Ela também coordena o curso de Pós-Graduação em Museus e Instituições Culturais, do Instituto Singularidades. Contadora de histórias experiente, Stela é autora de 20 livros infanto juvenis.